IAMI OXORONGÁ NA LITERATURA CONTEMPORÂNEA

Já está disponível para leitura gratuita o meu mais recente artigo sobre as feiticeiras da mitologia iorubá, as Iami Oxorongá. O artigo se chama HISTÓRIAS DOS PÁSSAROS NOTURNOS: REPRESENTAÇÕES DE IAMI OXORONGÁ NA LITERATURA CONTEMPORÂNEA e está disponível NESTE LINK: http://www.unicap.br/ocs/index.php/cncrt/3cncrt/paper/viewFile/237/22

O artigo foi apresentado no III Congresso Nordestino de Ciências da Religião, em 2016.

Iami Oxorongá é o nome pelo qual se designa a ancestralidade do poder feminino coletivo e reunido em uma só personificação na mitologia iorubá. O artigo propõe enfoque na recente forma de culto a estas ancestrais femininas nas religiões de matriz africana, particularmente o Candomblé. Trata-se de um culto recentemente difundido principalmente através da literatura contemporânea e do espaço virtual. Esse estudo constitui uma análise literária de alguns contos, poemas, romances e literaturas de viagem produzidos ou coletados nos últimos cinquenta anos sobre o tema. A partir dessa premissa, também foram analisados o processo de reafricanização e de valorização do sagrado feminino. A crítica literária foi apoiada nos conceitos de teóricos como Todorov e Stephen King.

Abebê (leque) de Oxum (a ialodê das Iami) com os pássaros noturnos.

DISSERTAÇÃO DE MESTRADO SOBRE IAMI OXORONGÁ, AS ANCESTRAIS AFRICANAS

Já está disponível para leitura, a minha dissertação de mestrado, defendida em março de2015, sobre Iami Oxorongá, as ancestrais feiticeiras da cultura iorubá. Para ler a dissertação, clique aqui: http://www.unicap.br/tede/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=1086

BOLO COMEMORATIVO NA MINHA DEFESA DE MESTRADO, COM PÁSSAROS NOTURNOS SOBRE UMA ÁRVORE, REPRESENTANDO AS ANCESTRAIS FEITICEIRAS.
BOLO COMEMORATIVO NA MINHA DEFESA DE MESTRADO, COM PÁSSAROS NOTURNOS SOBRE UMA ÁRVORE, REPRESENTANDO AS ANCESTRAIS FEITICEIRAS.

 

 

Documentário sobre Xamanismo

Olá queridos leitores do site! Aqui está disponível o documentário “Xamanismo”, que foi produto do Fórum Inter-religioso da UNICAP, no qual fui organizadora e também concedi entrevista. Foi um lindo trabalho em equipe! Contamos com a produção do jornalista Luca Pacheco, com o depoimento do xamanista Hugo Silva e  a participação da Ordem Xamânica Buscadores da Divina Luz: